domingo, 15 de dezembro de 2013

Imaginação.


Emília era uma boa menina
Sonhar acordada era o que ela fazia.
Era perseguida por uma nuvem colorida de pensamento, quase igual a uma sombra
Seu olhar já não habitava mais aqui
Tudo flutuava. Leve como um algodão doce
Ela era quieta, tímida
Mas ao contrário de seu comportamento, seus pensamentos, eram barulhentos, desorganizados
Tudo envolvia coisas que ela não vivia aqui
Tudo tão imaginável que ninguém a entendia
Sua companhia era os livros, da onde surgiam histórias
Histórias divertidas, histórias de astronautas, histórias de florestas,
De animais falantes e de menininhas com tamanho de formiga
É, ela se sentia realmente a vontade ao lado dos seus amigos livros.
Sabe o que mais ela gostava? Ela gostava de desenhar,
Seu momento favorito do dia era quando ela voltava da escola
E passava no parque municipal da sua cidade,
Lá ela estendia a toalha xadrez da vovó debaixo da grande figueira e despejava tudo o carregava na mochila,
Livros, tintas, folhas, pincéis, giz de cera e o seu caderno de pensamentos,
E desse momento em diante tudo o que tinha pensado durante o dia inteiro
Transbordava nas folhas, no seu caderno e também em seu doce sorriso
Pequena Emília, tão leve e pura
Seu nome soa suave como um suco gelado de chá em um dia quente de verão
Bom mesmo é assim ser como a Emília,
Sua sombra é a imaginação, sua aliada é a criatividade,
Bom mesmo é voltar a ser menina,
E acreditar que astronautas trazem maças verdes e trevos de quatro folhas

Para nos pôr sorrisos em terças-feiras que cheiram a cidade grande.

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Léo! Fiquei feliz que tu veio aqui, leio e comentou hahaha :DD Volte sempre o/

      Excluir
  2. oi fofis...
    amei seu blog, me ajuda a criar o meu ????
    pode ser quando vc voltar em fevereiro...a fe estará de férias e podemos tirar uma tarde só pra isso em segredinhoooo!!!!!
    bjs no coração

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...